terça-feira, 19 de maio de 2009

Falava de sexo em "termos inapropriados!

Ontem foi-nos dado a conhecer pela SIC um incidente que transtornou toda uma comunidade escolar e, porque não dizer, todo o país.

Uma docente foi acusada de falar de sexo nas aulas "em termos inapropriados" perante alunos de 12 e 13 anos de idade, tendo sido suspensa na sequência das queixas apresentadas por duas mães e após uma dessas aulas ter sido gravada por uma aluna.

Veja o VÍDEO com o som gravado por uma aluna:

video

1 comentário:

Guida disse...

Jorge parece que desta vez tocaste no meu ponto fraco, ser mãe e estar a representar alguns pais do nosso concelho, não vou de forma alguma expressar a opinião da Associação de Pais, mas sim a minha pessoal, tenho este enorme defeito, não consigo estar calada, e sempre que o fizer já é muito mau.
Em primeiro lugar não me chocaria, como mãe de dois filhos, que fosse falado de sexo nas aulas, tal como concordo plenamente com as aulas de educação sexual nas escolas, com os professores se o fizessem dentro daquilo que seria normal, as perguntas dos miudos surgem e devem ser explicadas quando a relação entre professor e aluno é boa, os miudos mais facilmente perguntam aos profeesores que aos pais, até porque sejamos francos, a maioria dos pais teimam em deixar estes assuntos como 'tabus', eu não digo que nos é facil explicar serenamente estas questões aos 'nossos meninos', mas faz parte da nossa tarefa de educadores, tal como faz dos professores, mas tenhamos consciência do que dizemos e de como o fazemos, que ao que parece neste caso não aconteceu...A mim parece-me que esta Sr. Professora, já estava de alguma forma incomodada com alguma coisa, aquando desta situação que se verificou na aula, porque se andou, tal como o diz no video, tantos anos a estudar no minimo ela devia saber que em 1º lugar terá que respeitar as pessoas para ser respeitada, e que sendo professora de jovens, estes têm pais que têm o direito de falar com os profesores dos seus filhos, independentemente do ano de escolaridade que possuem, porque para se ser pai, ainda não é exigido doutoramento.
Em segundo lugar estando dotada de tantos anos de formação e educação, ou não, a Sra. Professora perdeu a razoabilidade dentro da aula quando expõe os assuntos privados da aluna perante a turma, quando a ameaça com a difamação que irá fazer dela junto de outros jovens utilizando, e é aqui que eu digo que esta Grande Senhora Professora perde a noção da razão, o seu próprio filho...
A Sra. pode ter muitos anos de estudo, mas há muitas coisa que não se aprendem na escola, e a mim parece-me que o não lhe ensinaram o respeito pelas pessoas ou esta sra. com tantos anos de formação perdeu a educação...Os termos são de baixissimo nivel, o que demostra a sua má formação como pessoa, não como professora...
Peço desculpa por ter sido tão extensa no comentário...