sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Continuar a "apertar o cinto" em 2009

Se ainda poderíamos ter alguma esperança e pensar que este ano, 2009, iria ser um pouco melhor do que aquilo que o “pintavam” estávamos enganados porque vamos continuar a “apertar o cinto”.
Ora vejamos:
Os preços do pão e da luz vão aumentar acima da inflação (2,5%) prevista pelo Governo, com as portagens a registar subidas menores e os passes sociais, leite e telecomunicações a manter os preços.

Segundo o presidente da Associação de Comércio e Indústria da Panificação (ACIP), Carlos Alberto dos Santos, o aumento do preço do pão «é inevitável» e «nunca poderá ser inferior a cinco por cento», devido ao aumento das despesas dos panificadores com energia e combustíveis.
Outro caso em que a subida dos preços ultrapassa o valor da inflação é a electricidade, com os preços das tarifas a subir em média 4,9 por cento, com os consumidores domésticos a ter um aumento médio de 4,3 por cento.
Nos transportes públicos, os passes sociais vão manter os seus preços pela primeira vez em 30 anos devido à descida dos preços do petróleo.
Já as portagens nas auto-estradas vão sofrer aumentos com base na inflação de Outubro pelo que os preços deverão aumentar cerca de 2,2 por cento, com uma viagem Lisboa/Porto a subir 45 cêntimos e Lisboa/Algarve 50 cêntimos para os veículos ligeiros (Classe 1).
Quanto a veículos haverá um agravamento quer em termos de Imposto Sobre Veículos (ISV) quer de Imposto Único de Circulação (IUC), prevendo que a fiscalidade fará subir os preços médios em 2,1 por cento, fora o preço base praticado por cada marca.
Os CTT-Correios de Portugal vão actualizar o seu preçário a partir de 01 de Janeiro de 2009, não existindo contudo alterações na maioria dos preços.
Também o preço do leite deverá manter-se em 2009, assim como o da carne, das frutas e dos legumes.
As novas tarifas de gás natural para os consumidores domésticos só serão actualizadas em Julho do próximo ano.

5 comentários:

Anónimo disse...

A falta de vergonha neste País continua, mas quando dão nas sondagens a vitória sempre aos mesmos eu não percebo estas pessoas deste País, será ignorância? o deixa andar? é incrível como as pessoas não se revoltam e pelo menos mudem o voto para outros,ABRAM ESSES OLHOS!

Anónimo disse...

O Pão e a Eletricidade são bens de 1ª necessidade, que nem o pobre nem o rico podem dispensar.
Como infelizmente há muitos pobres e muito poucos ricos, são mais uma vez os Pobres que vão pagar uma factura injusta e injustificada que acabará por ir em beneficio dos ricos.

Maria Antónia disse...

E depois o Primeiro Ministro ainda tem o descaramento de vir para a televisão pintar um pais que na realidade não existe. Na mensagem de Natal também salientou a descida tas taxas de juros dos empréstimos à habitação. Não deu por nada e em Novembro até a prestação aumentou quase 4euros (CGD).
Chega de mentiras.

HF disse...

Concordo em pleno com a Maria Antónia. JÁ CHEGA DE MENTIRAS!!!
Anda tudo na mesma... Eu estou à espera que a prestação da minha casa baixe este mês. Vamos ver se o que vai baixar irá compensar tudo o resto que vai subir.

Anónimo disse...

E o Primeiro Ministro Sócrates de férias românticas com a "namorada" em Veneza (Itália). Viva a Crise!

Otelo