sexta-feira, 6 de março de 2009

Feira Automóvel 2009, inaugurada esta tarde

Como já tinha referido, foi inaugurada hoje, dia 6, mais uma edição da Feira do Automóvel, evento que decorrerá até Domingo, dia 8, no Parque de Feiras e Exposições de Estremoz.
Este certame, que vai na 4ª edição, tem como principal objectivo dar visibilidade às empresas que trabalham no sector automóvel e que desenvolvem a sua actividade na Região.
Durante a inauguração, o presidente da Câmara Municipal de Estremoz, José Alberto Fateixa, referiu que “a Feira do Automóvel foi neste mandato o primeiro evento que lançámos, estávamos no ano de 2006. Desde então que acreditámos que lançando o repto aos comerciantes do sector automóvel, que têm actividades localizadas no concelho de Estremoz, estaríamos a criar um espaço e oportunidades de negócio, salientando a nossa tradição”.
O autarca adiantou que “o balanço que fazemos deste caminho é positivo porque sentimos que houve oportunidade de negócio, contactos e, muitas vezes, efectivação de negócio”.
“Vivemos num tempo em que há dificuldades para as famílias, pessoas e empresas. Perante estas contrariedades teremos vários modos de agir e de reagir. Um deles é assumirmos que temos dificuldades e deixarmos cair os braços, outro é continuar a trabalhar e tentar criar espaços atractivos e interessantes que, de modo equilibrado, permitam que os sectores económicos possam ter novas oportunidades para poder estabelecer os contactos e escoar os produtos”, declarou o presidente.

Na minha opinião a Feira do Automóvel está bem estruturada e encontram-se expostas uma grande variedade de viaturas e a diversos preços. É óbvio que comprar um carro não é igual ao comprar uma camisa ou um par de calças, mas verifiquei que neste certame houve um esforço por parte dos comerciantes em fazerem promoções e reduzirem os preços dos automóveis.

Ao finalizar a minha visita, questionei os comerciantes acerca da situação em que se encontra o ramo automóvel e sobre as suas expectativas para esta feira:



Auto – Pernas, de Rosinda Pernas
Lino pernas
Sente-se um pouco a crise no sector automóvel. Para este certame estou com muitas expectativas. Tenho uma gama de veículos económicos que podem ser interessantes para quem acabou de tirar a carta.











Auto – Sog
Rui Coelho
O ramo automóvel está como tudo, complicado! Existem clientes, mas tem sido difícil fechar os negócios. Penso que a feira pode ser importante para contactos, mas nada mais do que isso.











Motorex, Lda
Emílio
O sector automóvel está em crise!
Este certame é mais importante para os contactos e não esperamos vender muitas viaturas directamente.










Fotografias da Inauguração

7 comentários:

Jorge Pereira disse...

Sr. Roseira, pode dizer a mesma coisa de outra forma. Sem ser ofensivo. Refaça o comentário, por favor.
Obrigado

Anónimo disse...

Lá anda o "wally Ramalho". Mais uma vez, o que é que o Director do Centro de Emprego alí está a fazer? É na qualidade de quÊ??? Vai pela Câmara? Qual é a função dele?
Agora aparece em tudo?
Há pessoas que já não sabem mais como dar nas vistas.....

Jorge Pereira disse...

Sr. Roseira,
Não é habitual rejeitar comentários, por isso peço-lhe que refaça o seu para ser publicado.

Roseira disse...

Há um novo emplastro em Estremoz, advinhem quem é.

Anónimo disse...

Olha que o afilhado dele pode ficar chateado ó Roseira. O emplastro anda a fazer pela vidinha porque sabe que na próxima já não xuxa nada. O Alhinho como lhe chamam na giria eborense anda amuado já se viu pelas imagens.

Anónimo disse...

Emplastro ou zezinho das feiras. Já está pior que o Paulo portas.

Roseira disse...

Ò Jorge já repaste que JRobalo (ou melhor o JR) nunca mais andou por aí feito PJ dos blogs. Anda ocupado a preparar a convenção e a oferecer empregos.