quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Ideal para a prática de desportos aquáticos!!!

Diz a sabedoria popular que: “o que nasce torto tarde ou nunca se endireita”!
A confirmar este aforismo popular, está o polidesportivo do campo da feira, em Estremoz. O nível do empreiteiro que fez a obra e que foi utilizado para “alisar” a placa de cimento devia ter uma “marreca” mais ou menos a meio, pois o piso nasceu torto, mais concretamente, às covas, uma delas no centro do recinto. A obra foi aceite e o empreiteiro recebeu o caroço a que tinha direito e ficou descansado. Responsabilidades nenhumas. Logo que caem uns míseros pingos de chuva o polidesportivo fica alagado, qual piscina descoberta, e inoperacional para a prática de desportiva. Como o piso não tem escoamento, o precioso líquido acumulado no recinto só desaparece por evaporação ao fim de alguns dias após deixar de chover.
Há um outro ditado popular que diz: “quem nada tem, estima o pouco que lhe dão”. Nesta última classe incluo um grupo de africanos que estudam na nossa cidade e, habitualmente, aos sábados, disputam grandes futeboladas no polidesportivo. E porque são daqueles que pouco têm, estimam o recinto como se deles fosse. No sábado de tarde, dia 17 de Janeiro, o recinto encontrava-se alagado até meio campo e os estudantes muniram-se de uma vassoura e, à vez, varreram a água até o piso ficar em condições de praticar desporto. Que grande lição de humildade.
Já me esquecia, para outros “meninos”, a quem tudo se dá e cada vez exigem mais, o polidesportivo do campo da feira serve para exibições de desportos motorizados, em particular de ciclomotores, para gincana de bicicletas, para passeio e exibição de cães, para ver quem é mais forte e tem força suficiente para rebentar com a rede da vedação e, às vezes, para praticar desporto. Estes últimos utilizadores são daquela estirpe que acham que o que é público só serve para estragar.

10 comentários:

Anónimo disse...

txxxiii tanto assunto no mesmo post, parabens jorge o teu blog esta na linha certa.
de facto o pavimento do nosso polidesportivo fica muitas vezes inundado: de praticantes de desporto e de água quando chove :)
cada vez são mais os interessados na pratica do futebol, n sei se foi o CR7 k voltou a despertar essa motivação, mas como temos bons recintos... muita malta=novas modalidades------>leva a novos clubes(mas não é mais fácil associar a outros já existentes?)
a ajes é uma associação juvenil, logo recebe verbas para as suas actividades de acordo com a sua diversificação. de um modo simples: ktas mais modalidades tiver + apoios tem, e não é so em financiamneto.
bom, paramos para pensar...lol

Anónimo disse...

Quem é o(a) Presidente da AJES?

Anónimo disse...

O que vou dizer não tem nada a ver, mas como é igualmente ridiculo, cá vai.
Agradecia que escreve-se no seu blog uma vez que não tenho nenhum, sobre o facto da porta da urgencia do centro de saude de estremoz estar fechada à chave durante a noite e de se ter de tocar à campainha para acordar os funcionarios. Acho que deve ser a unica urgencia do pais em que a porta esta trancada. Ja que o socrates nao a fechou que a fechem os funcionarios.

Pedro Ferreira disse...

Voltando ao assunto da falta de água na cidade, eu não tenho tido razão de queixa, não sei se já fizeram alguma coisa para a resolução do problema. O que sei é que pelo menos no bairro de mendeiros, na avenida e na rua 31 de janeiro, o que sai das toneiras hoje, não se pode chamar de água, mas sim terra. Parabens pelo blog jorge.

Jorge Pereira disse...

Resposta a Anónimo 13:37,
Como já referi este blog está aberto a todo o tipo de participações. Se assim o entender, envie-me um pequeno texto acerca desta situação que terei todo o gosto em publicá-lo.
Obrigado

Anónimo disse...

Já percebi...
O Sr. Mourinha é muito inteligente e pensou logo na questão da água quando fez esta obra, vocês é que n percebem.
Esta é mais uma forma de acumular água. Assim em caso de emêrgência vamos bebê-la ao centro do polidesportivo: Muito bem...

Anónimo disse...

É só mais um blog quem quer lê quem não quer não lê, agradeço a divulgação.
picapica9.blogspot.com

Pica Pica disse...

Por se falar em desporto, parece que o Canhoto já 'meteu água' na utilização do sintético.

Adepto de futebol disse...

ESPEREMOS QUE TENHA SIDO UM MAL ENTENDIDO...
Desde já quero realçar que este "desabafo" é da inteira responsabilidade dos jogadores do plantel sénior, do qual eu faço parte.
Para que percebam a nossa indignação eu passo a explicar: o plantel sénior tem 3 treinos por semana (3ª, 5ª e 6ª feiras). Nas 3ª e 5ª feiras só temos o campo de futebol 11 disponível das 20H00 às 21H00 (depois das 20H00 porque é quando terminam os treinos das camadas jovens e até às 21H00 porque é quando começa o treino da equipa do São Domingos).
Só nas 6ª feiras é que podemos treinar mais tempo porque somos a única equipa a treinar depois das 20H00, normalmente aproveitamos para fazer um treino conjunto e ficar mais um pouco a treinar determinadas situações que não temos tempo durante o resto da semana.
Na passada 6ª feira quando entramos no campo para o último treino da semana, qual não é o nosso espanto quando deparamos com a equipa do SC Arcoense a aquecer no meio do campo de futebol 11. Tentamos nos inteirar da situação e o que nos foi informado por parte dos responsáveis da equipa do SCA foi que "alguém" responsável na Câmara Municipal de Estremoz lhes tinha atribuído metade...sim volto a repetir... metade do campo de futebol 11 para treinarem (no mesmo horário que nós) e que já tinham falado com o mister Mourão (o que viemos a apurar não corresponder à verdade).
Tentamos remediar as coisas e como não tinha lógica nenhuma duas equipas treinarem em meio campo cada uma, propusemos um jogo conjunto o que foi negado de imediato por parte dos responsáveis do SCA. Depois de uma breve conversa entre nós jogadores do CFE e tendo em consideração que até conhecemos e somos amigos da maioria dos jogadores do SCA e para as coisas não "azedarem" mais, decidimos abandonar o campo pois não havia condições para treinar. Quando íamos a sair do campo qual não foi o nosso espanto quando alguém do SCA nos chama e diz que afinal já queriam fazer o jogo treino connosco...já com metade dos jogadores no balneário e a outra metade nas escada que dá acesso aos mesmos...é lógico que não aceitamos, porque já não somos nenhuns miúdos e nem gostamos de ser tratados como tal (não foi "birra" como mais tarde foi dito por alguns atletas do SCA).
Queriamos só deixar algumas ideias no ar, sem querer melindrar ninguém:

1º Na vossa casa mandam vocês, na nossa madamos nós.

2º Será que quando a Câmara Municipal vos atribuiu "metade do campo" não se estaria a referir ao campo de futebol 7 e vocês não entenderam??? É que durante a semana o São Domingos começa o treino no campo de futebol 7 e depois às 21H00 quando nós saimos passa para o de futebol 11 e nunca houve "confusão"...

3º Porque é que não fizeram esse treino à 4ª feira já que o campo está livre depois das 20H00 (segundo consta).

Ao plantel sénior do CFE não interessa quem teve a culpa desta confusão, se foi a CME, se foi o SCA ou se foi o próprio CFE, nem queremos criar "guerras" com ninguém, o que nos interessa é que este tipo de situações não se voltem a repetir...porque fomos muito mal tratados na nossa própria casa.

Anónimo disse...

Sr. Anónimo das 19.38, corriga o endereço do blog não existe esse.